Notícias

22.01.2009 - Radiador para automóveis é feito com resina de óleo de mamona

A empresa japonesa Denso apresentou um novo radiador para automóveis construído com uma resina vegetal derivada do óleo de mamona. O novo radiador começará a ser produzido em escala industrial e deverá equipar os primeiros carros a partir da metade de 2009.

Resina de óleo de mamona

Praticamente a totalidade dos radiadores de automóveis fabricados hoje são feitos de alumínio. O novo "bio-radiador" é construído com uma resina extraída do óleo da mamona, além de materiais petroquímicos e fibra de vidro.

Os ingredientes derivados do óleo de mamona representam 40% da resina.

A resina é produzida por meio de uma reação química entre dois compostos orgânicos derivados do óleo de mamona e do petróleo. O material é reforçado com fibra de vidro, que é adicionada para aumentar a resistência mecânica do radiador.

Resistência ao cloreto de cálcio

Até agora vinha sendo difícil o desenvolvimento de peças automotivas a partir de resinas vegetais devido às altas temperaturas que esses componentes devem suportar no compartimento do motor. A empresa resolveu este problema criando um produto híbrido.

Outra vantagem do novo radiador à base de resina vegetal é a sua alta resistência ao cloreto de cálcio, um material utilizado nas rodovias de países sujeitos à neve para derreter o gelo que se forma sobre as pistas. O novo radiador é mais de sete vezes mais resistente ao cloreto de cálcio e pode ser produzido a um custo mais baixo do que os componentes similares atualmente projetados para regiões frias.

A empresa afirmou em nota que pretende utilizar a resina para fabricar outros componentes para automóveis.

Redação do Site Inovação Tecnológica

+ Notícias

+ leia mais

Aterros de Resíduos

+ leia mais

A farra dos sacos plásticos

+ leia mais

Newsletter

Notícias e informações sobre projetos diretamente na sua caixa de email.

Faça seu cadastro

Fundação Kubitz - Rua São Paulo, 2527 - Cascavel / PR - Brasil